Abertura dos trabalhos legislativos (segunda-feira, 04 de fevereiro)

Compartilhe:

Pela manhã, reunião interna no gabinete com a equipe de trabalho.  Reunião de planejamento com apresentação de propostas e sugestões para o mandato. Foco para  a educação, ciência e tecnologia voltados para atender as necessidades do estado de Rondônia, principalmente os municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH). A ideia inicial é fomentar um processo educacional mais inclusivo e com inserções práticas nesses municípios.

Durante a sessão de abertura dos trabalhos do Congresso Nacional encontrei com o nosso governador, Marcos Rocha. Sentamos um ao lado do outro. Eu sentei primeiro, depois, ele chegou, junto com o Elias, secretário de Meio Ambiente (Sedam). Uma conversa informal de bons amigos. Um bate papo. Fomos conversando. Ele me contou o que está planejando, como está organizando a equipe, e como está sofrendo. Mas, que tem esperança de governar bem, de acertar a economia e não deixar o estado sucumbir. Eu realmente o apoiei, o aconselhei a ir com prudência, com sabedoria. Em  aproximar-se dos poderes, aproximar-se da Assembleia, aproximar-se  das lideranças do Estado, para poder ganhar corpo e poder governar com substância e ter apoio popular. Foi um encontro agradável.

Após aberto o ano legislativo, falei à TV Senado. Falei da importância do novo Congresso Nacional  renovado. Falei da importância da aprovação das reformas propostas pelo presidente e pelo povo brasileiro,  para que  possamos retomar o crescimento econômico de uma maneira sólida e crescente. Isso é indispensável. Que o Congresso seja muito ativo. Seja protagonista, neste momento, e que não fique pisando na bola, segurando os projetos. Eu me coloco à disposição, e acredito que nós devemos pensar, não no curto prazo, mas também no médio e no longo prazo. Pensar no Brasil daqui a 30 anos.

Compartilhe: