Agenda Brasília (quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019)

Compartilhe:

Audiência com o Coronel Mauro Filho, Secretário adjunto da Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União. Tratamos sobre a regularização das transferências definitivas, das áreas das  Unidades de Conservação (UC) estaduais relativas à Rondônia. Há muitos anos a gente vem batalhando, mas a União é muito burocrática. Passei meus dois mandatos de governador tentando resolver isso e não consegui. Vou continuar trabalhando para que o processo das transferências aconteça de fato. Para que o Estado de Rondônia possa legalizar, escriturar, investir e proteger as reservas estaduais. É esse o objetivo. Para que no futuro, projetos sejam feitos nas áreas de turismo,  de manejo sustentável e na área da exploração extrativista pelas comunidades tradicionais.

Hoje foi votado e aprovado, na Comissão de Meio Ambiente, um projeto importantíssimo, que trata de disciplinar sobre a segurança no manejo de barragens e rejeitos. A Leila Barros, a nossa Leila do Vôlei, brilhantemente apresentou esse projeto, apensado ao do ex-senador, Ricardo Ferraço, do Espírito Santo. Hoje,  juntamos os dois projetos e o aprovamos na Comissão de Meio ambiente, com grande louvor, sem a interferência de ninguém.

 

Recebi  o prefeito de Rolim de Moura, Luizão do Trento. Rolim é uma cidade pela qual eu tenho uma gratidão imensa, independente de quem seja o prefeito. Tenho uma vinculação umbilical com o município, devido ao prestígio que sempre tive lá. É uma cidade generosa comigo, e eu vou retribuir  os benefícios que a cidade espera de mim, como senador. Esse é um ponto pacífico, já decidido na minha vida.

 

Estive em Monte Negro na pré-campanha e conversei com o prefeito Evandro Marques. Ele é novo no mandato. Pessoa humilde demais, mas com uma vontade imensa de fazer uma boa gestão. É um Município de porte médio, estruturado. Atende bem na área de saúde, mas  tem demandas importantíssimas. Hoje o prefeito veio falar comigo sobre a infraestrutura da cidade. Disse-me que precisa de uns 15km de asfalto. A bancada, gradativamente, vai atendê-lo.

 

 

Lezão é o seu apelido. Poucos o conhecem pelo nome de batismo, que é Evandro Epifânio. É meu amigo e esteve hoje comigo. Ele é prefeito de Rio Crespo, cidade muito pequena, uma das menores do Estado. E lá qualquer coisa ajuda demais. Ele apresentou demandas nas áreas da saúde e de infraestrutura. Com 4km de asfalto ele pavimenta toda a cidade. Nós vamos ajudá-lo.

 

 

 

Recebi a Sheila,  prefeita de Chupinguaia, juntamente  com os  vereadores   Vanderci Alicate, Rubinho do Novoplan, Toninho Bertozzi, Eder, Lindaura; e o secretário de Administração, Jamil.  Encheu o nosso gabinete.  Foi uma alegria imensa recebê-los. Chupinguaia é um município gigantesco, rico demais. Soja, assentamentos, grandes frigoríficos. É imenso, mas tem carência de pontes. Fator  que ameaça o escoamento da produção de grãos e bois. Nós e o Governo do Estado vamos trabalhar juntos. Vou chamar os deputados amigos para ajudar o município, que precisa de apoio.  Sobre o Parque das Araras foi uma promessa que fiz  como governador,  e que não foi possível cumprir. Agora como senador, juntamente com o deputado Ezequiel Neiva concluiremos e viabilizaremos os recursos. Também nesse mandato  vou ajudar a fazer as duas grandes pontes que o município precisa.

A Lindaura é uma vereadora de vários mandatos. De família muito antiga, família enorme de Chupinguaia. Por coincidência é aniversário dela hoje. Nós cantamos os parabéns. Uma festa sem bolo, mas muito animada.

 

 

 

Recebi também o Eduardo Bertoletti, companheiro nosso. Do nosso partido, prefeito de Primavera de Rondônia. Um dos menores municípios de Rondônia, entre os dois menores do Estado. Ele veio aqui pedir o apoio na área de saúde e educação. Basicamente isso.

 

 

Grata surpresa receber a prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, o deputado Cirone e a vereadora Maria Simões. Muito me honraram com as visitas. São amigos.  São diletos, companheiros fantásticos. Me trouxeram muita alegria. O Cirone aqui, eleito. Nós trabalhamos juntos na campanha, e agora é deputado. A Glaucione  é uma aliada nossa de primeira hora. Estou à disposição dela aqui em Brasília para ajudar Cacoal. A Maria Simões, uma guerreira. Pessoa extremante competente.

 

 

 

Helena Bezerra e a Taís Manvailer, são pessoas nossas lá do Governo. Agora estão trabalhando para o Governo de Goiás, auxiliando a nossa ex-secretária Fátima Gavioli, que  agora é secretária de Educação de Goiás. Estou torcendo para que dê tudo certo. Forasteiros de Rondônia, emprestados para Goiás. Torço muito para o sucesso da Fatima Gavioli e para a Helena Bezerra, que foram minhas secretárias de Estado em Rondônia.  Na visita de hoje no gabinete estava a goiana, Luanda Bailão.

 

 

Glauco e Emerson Fidel são do Sindicato da Construção Civil de Rondônia (Sinduscon). Eles terão um grande encontro aqui em Brasília, justamente para chamar atenção do Governo Federal pelos atrasos de pagamento e pela política habitacional brasileira. Eles têm um grande e audacioso projeto para a geração de emprego, desde que modifique a política de habitação do País, e o governo pague as contas que estão atrasadas com a classe empresarial.

 

O Costinha, presidente da Associação dos Policiais Militares do ex-território Federal de Rondônia (Aspometrom), esteve comigo, ele e os policiais do Amapá, que defendem a categoria aqui em Brasília há muitos anos, com muita competência. Querem a transposição. Eles querem realmente uma definição clara para abrigar policiais dos ex-territórios de Roraima, Amapá e Rondônia aos quadros da União.

 

 

 

O Hermes foi meu colega deputado. Ele defende muito as frentes parlamentares de infraestrutura e integração dos modais de transportes. E lá com o Senador Wellington Fagundes, eles pediram para subscrever, eu assinei, e nós firmamos esse pacto de defender esses interesses: a integração do Brasil Central. Foi um bom papo, um reencontro.

 

Foi um discurso de improviso, valorizando o destino do dinheiro direto para as escolas. Apontando as necessidades básicas dos alunos e as suas carências. Ressaltei  também a necessidade da adoção pelos políticos, deputados estaduais, federais e senadores  de  uma escola. Visitar uma escola, ser padrinho de uma escola. Esse foi o meu discurso .

 

Compartilhe: