Agenda em Ariquemes (sábado, 06 de abril)

Compartilhe:

Sábado  foi o início de um novo marco da era digital para a cidade de Ariquemes. Eu e minha equipe, formada pelo especialista em tecnologia da informação , James Melo e a coordenadora,  Genilda nos reunimos com o secretário de governo da Prefeitura de Ariquemes, Ricardo Rodrigues  e sua equipe de TI, Fabio Milani e Matheus Oliveira para tratar de infovia  e desenvolver a  implementação da cidade inteligente no município. Falamos de Tecnologia de ponta, voltada para a educação, segurança, saúde e inclusão digital, um projeto que faz parte do meu plano de atuação parlamentar 2019/2026. A equipe da prefeitura de Ariquemes está bem adiantada, já tem implantado os projetos de vigilância eletrônica com 24 pontos instalados e em andamento mais 65 pontos monitorados eletronicamente com câmeras digitais, supervisionadas 24 horas por dia. As imagens também estão disponíveis, on-line para a Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal. O Investimento de aproximadamente R$ 1 milhão. Para esse módulo vou me empenhar para ajudar no que estiver ao meu alcance. Outro modulo em funcionamento é internet na praça Kero kero que tá fazendo o maior sucesso. Queremos tornar Ariquemes em uma cidade inteligente totalmente digital, onde se pode fazer tudo pela internet. Os órgãos públicos interligados, os serviços automatizados, oferecendo a população qualidade e agilidade nos atendimentos para seus moradores.

Também estive reunido com o secretário de Agricultura de Ariquemes, Evandro Leite e o professor Roni de Jesus, que falaram da importância da implantação do ensino técnico agropecuário nas escolas polos. A ideia é  formar os filhos dos agricultores para afazeres do campo, evitando assim o êxito rural. De acordo com dados do IBGE, em 2016,  21% dos jovens permaneciam na área rural, em 2017 e em 2018 caiu para 17%. Um declínio significativo. O Professor Roni falou sobre o Fique – um curso de 160 horas, que oferece conhecimentos na área rural, preparando os jovens. O Evandro falou do projeto Protocolo Padrão, que ele quer desenvolver em Ariquemes.  Trabalhar com pequenos produtores rurais, incentivando a plantação de cacau clonal em uma área de 1 hectares, que renderá em 1 ano, R$ 33 mil. Outra ideia é realizar o Dia de campo especial, diferente e prático para os alunos das escolas polos.

Recebi um grupo de empresários solicitou meu apoio junto ao Dnit, para que seja feita pequenas alterações no projeto das marginais da BR-364, eixo Ariquemes. São pequenas modificações, mas que  trarão muito benefícios aos ariquemenses e viajantes. Vou procurar o diretor do Dnit em Porto Velho e se necessário, o ministro de Infraestrutura em Brasília.  Participaram da reunião Itamar maria, Volmil da Auto Mecânica Volvo, Wellington Cabral, Jadir gretzler, Joverton Wesley, Anderson Honorato, Lucimar Pereira, Anderson Pedro de Gasperi e Zilmar de oliveira.

Compartilhe: