Fomos hoje no Palácio do Planalto, eu e o governador Tião Viana, do Acre, representando os demais  governadores do país,  para fazer um convite ao presidente Michel para comparecer num grande evento em Rio Branco, nos dias 26 e 27 deste mês de outubro, para discutir segurança pública, especialmente a segurança nas fronteiras do Brasil. Um assunto extremamente importante, e o governo do Acre achou por bem, e nós da Amazônia, de convidar todos os poderes. Senado, Câmara dos Deputados, Supremo Tribunal Federal, Procuradoria Geral da República, e  outras instituições para debatermos esse tema com os governadores.  O presidente aceitou  convite e vamos promover  um grande debate sobre o assunto que aflige a todos, afinal, segurança publica  não é um assunto apenas do Governo Federal, ele é estadual, municipal, comunitário – é um assunto do interesse de todos.

Na Agência Nacional de Aviação Civil participei de uma audiência especial com o objetivo de liberar recursos para melhorar a infraestrutura do aeroporto de Ariquemes. O Governo do Estado já fez investimentos de melhoria no aeroporto, mas queremos uma coisa maior, com um terminal de passageiro amplo e que possa descer aeronaves de todo tamanho, seja de noite ou durante o dia. Esse foi o objetivo da minha visita à ANAC.

 

Em seguida, me reuni com  o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Blairo Maggi,  para tratar de um projeto interessantíssimo do Governo Federal, que tem uma meta para o Estado de Rondônia ser livre da febre aftosa sem vacinação, como já acontece em outros países. Fiquei mais seguro depois da reunião, pois o fato é que são 121 procedimentos a serem tomados em conjunto pelos criadores e pelo Estado para que realmente isso venha acontecer. isso vai dar mais qualidade  a carne de Rondônia.

 

 

COMPARTILHAR