Brumadinho (Drummond) previu tudo isto

Compartilhe:
  • O Rio? É doce

O Vale? Amarga

Ai, antes fosse

Mais leve a carga  

 

Entre estatais

E multinacionais,

Quantos ais!

 

A dívida interna

A dívida externa

A dívida eterna

 

Quantas toneladas exportamos

De ferro?

Quantas lágrimas disfarçamos

Sem berro?

 

(este poema me foi enviado agora cedo pelo amigo Wilson Dias. Oportuníssimo)

Compartilhe: