A internet é coisa boa

mas aumenta o desejo

e a saudade de alguém

que há muito eu não vejo

 

a internet me maltrata

com o gelo do monitor

mata um pouco a saudade

mas não tem nenhum calor

 

o calor de um encontro

dois corpos num só abraço

duas bocas em um só beijo

e a quentura de uma amasso

 

(poema de autoria de Izabel poeta – mora na Linha 07,  km 30, área rural de Cacoal)

 

COMPARTILHAR