As mutações do homem do século XXI

Quando se fala em século XXI até dá medo. Parece que todos que vieram do século XX são dinossauros....

Rio de Janeiro régio e real (poesia)

(7 de julho de 2015) (observação - esta poesia, Rio de Janeiro régio e real, fiz num supetão, quando andei...

Um passeio inusitado

Vida agitada, ano a ano sem descanso, chegou o momento para sair um pouco, fugir da rotina, caçar paisagens...

O DENTISTA

Jairo era dentista prático, que tinha boa fama na cidade. Vinha de  família de fazendeiros. Mas, que pegou vocação...

Datiloscopia (poesia)

  Neste instituto que brilha/ Repletos de poesia/ Nós da papiloscopia/ Dedicamos grande parte do dia. Com esforço e muita luta/Essa...

POEMA (Justinavida)

1º de outubro de 2005 Confúcio Moura Toda cidade tem seus loucos de medianos aos quase normais. Acho que ainda não há...