RUBÃO: O cozinheiro do fim do mundo

Rondônia ainda era terra desconhecida. Erma sesmaria,  que foi Mato Grosso e Grão Pará, em tempos idos.  Vi e...

Poema (Henrique)

22 de agosto de 2006 Padrinho Henrique era um latoeiro de pernas tortas Usava paletó de brim caqui costumeiro aos domingos A...

Poema (Coisas duvidosas)

2 de setembro de 2006 Poesia não flui com água. A palavra é um tijolo. Vou colocando uma sobre a...

Poema (Estações)

18 de janeiro de 2004 As estações são brincadeiras do tempo. Que fazem os homens se ajustarem aos seus caprichos E sentarem...

Poema (Borboletas)

Janeiro de 2004 Confúcio Moura Borboletas bordam o céu com a mesma paciência que minha mãe bordava um vestido de noiva. Elas...

SONHO E VIAGEM

Bença, madrinha Lindaura. Era assim os meus costumes. Madrinha Lindaura já morreu. Padrinho Henrique também. Para batizar um filho, os...