O primeiro aviso da velhice é o de começar a parecer com seus pais e avós. Aí a cortina se fecha. Mas nem tudo se fecha assim, tão de repente. A cirurgia plástica, os cosméticos, os ácidos esfoliantes, o botox – tudo vale a pena, mas não são a solução de tudo. Há um conjunto de ações que trazem a satisfação, a “felicidade”, o bem-estar, a boa forma e a saúde. Não há milagres. Onde você for, seja em médicos ou  em outros especialistas, ouvirá sempre a mesma coisa. A prática rotineira de exercícios físicos e a correta alimentação são  muito mais do que meio caminho andado. Exercício dói, judia, mas faz bem, e com o tempo vira rotina. E você sente dor na consciência, o dia em que não o faz. A desculpa é sempre a mesma – não tenho tempo. Não é verdade. O seu tempo é o mesmo dos outros. Nem mais, nem menos. Todos ficaremos velhos. Não é nenhum defeito. Mas, velhos sadios, ativos, bonitos e com muita disposição e saúde. É isto que lhe desejo.

COMPARTILHAR