Confúcio Moura
Médico, escritor, cronista
educador e apaixonado por Rondônia

O nó cego na educação no Brasil

Somos o último país do mundo a abrir as escolas. E ainda não abrimos. E quando forem abertas, ainda não se sabe como será o recomeço. Esse negócio de aula remota até dá para ir engabelando os meninos. Porque, pra gente grande, o ensino a distância só tem bom proveito para alunos extraordinários e devotos. […]

Faça de conta que não existe MEC

MEC significa Ministério da Educação. Poderia ser somente ME (Ministério da Educação), mas tem um “C”, que talvez seja, ainda, pela saudade do passado em ter a Cultura no mesmo prédio. E se não tivesse o MEC? O que aconteceria com o Brasil se ele não existisse? Será que o Brasil seria pior ou melhor? […]

A pandemia não conserta pau torto

A pandemia não irá mudar nada. Quem era bom continuará bom. Quem era ruim ficará ainda pior. Nem pense que depois da pandemia virá “o novo normal”. Porque não há novo normal. Haverá sim o reencontro aos velhos hábitos. Você acha, meu amigo, que a educação irá emergir das cinzas e subir aos céus? Assim, […]

Mudar a cabeça ?

Como é que se pode mudar a cabeça de velho, hein? Se tudo foi se acumulando com o tempo e formando um juízo de verdade, cuja verdade pode ser aquela do tempo do “onça”, sei lá. Até mesmo a dificuldade que se tem de entender a tecnologia e seus termos estrangeiros, que deixam a velharada […]

Tantas coisas a fazer

No Brasil tem tantas coisas que teremos que fazer, mesmo se não tivesse pandemia nenhuma. A pandemia veio para meter medo na gente. Agoniar. E ficamos imaginando que depois dela tudo será diferente. Não é bem assim. Vamos encher a nossa sala de bolas numeradas. Cada bola representa um problema (crise) que teremos que resolver. […]

Educação: – Será que posso acreditar?

A vontade que tenho é de parar. Deixar de malhar em ferro frio. Porque, olhando a situação atual e também a nossa história, dá uma imensa descrença. Tanta gente boa e inteligente se bateram pela educação de qualidade. Tantos artigos escritos. Tantos discursos proferidos. Em vão. E não é de agora. Parece que a escravidão […]

Sempre esperança

O nosso país parece que padece, que merece, que fenece, que cresce, e posso ir rimando assim, até encher a página. Eu acredito na teoria dos ciclos históricos. Que chegará o momento, o ponto da virada, claro, que não sei quando. Então, pensando nisto é que mora a minha esperança, que não seja agora, que […]

O salto no escuro (uma história da pandemia COVID-19) Capítulo 11

Este deveria ser o primeiro capítulo desta série. Fui amontoando ideias e terminei deixando a minha rotina para depois. A pandemia trouxe o único trunfo disponível para impedir a sua propagação avassaladora: – o isolamento social. Eu fiquei em isolamento desde março. Não foi um isolamento completo. Porque peguei mais um compromisso extra que foi o de presidir uma comissão do Congresso – que cuida da calamidade e suas consequências dentro do orçamento e do ajuste fiscal.