Confúcio Moura
Médico, escritor, cronista
educador e apaixonado por Rondônia

Tantas coisas a fazer

No Brasil tem tantas coisas que teremos que fazer, mesmo se não tivesse pandemia nenhuma. A pandemia veio para meter medo na gente. Agoniar. E ficamos imaginando que depois dela tudo será diferente. Não é bem assim. Vamos encher a nossa sala de bolas numeradas. Cada bola representa um problema (crise) que teremos que resolver. […]

Seu Carlos – parteiro à moda antiga

Seu Carlos foi enfermeiro na Vila de Ariquemes. Veio com a leva dos amigos, soldados da borracha, para serviços gerais de saúde. Ficou pelos seringais por anos a fio e depois pegou um emprego federal de “enfermeiro”, quando não se fazia diferença nenhuma entre as categorias. E foi aprendendo com a necessidade de cada dia, […]

21, do 21, do 21

Estou escrevendo este “post” ainda no entardecer do dia 21 de janeiro. Recebi de uma colega este tropel de datas coincidentes: – 21 de janeiro, do ano 21, no século 21  (XXI). E daqui a pouco, às 21 horas e 21 minutos irei comemorar esta ritmada data, com um tim-tim de taças, com um vinho […]

Reformar para sobreviver

Não precisa ser nenhum especialista em direito tributário, para saber que é preciso arrumar o inferno dos impostos no Brasil. Falo inferno porque é inferno mesmo. Creio que não exista no mundo, ninguém entendido em cobrança de impostos, que possa justificar o modelo brasileiro. E como este “salve-se quem puder”, chegamos ao ponto, que os […]

Por que voto em Simone Tebet

O filósofo e jornalista José Ortega y gasset tem uma genial frase: “O homem é o homem e suas circunstâncias”.

Juízo perfeito e impossível de ser questionado. Nada tenho pessoalmente contra Rodrigo Pacheco. Mas não consigo entrar em sintonia com as suas circunstâncias.

Politicagem

É sempre assim, aqui no Brasil, mal termina uma eleição e já se pensa na próxima. E grande parte do tempo ocupado, na arte da futricagem. Fica imaginando o que seria do Brasil se não tivessem as eleições, grande parte do povo ficaria sem motivo, até de existir. Pompílio Diniz, poeta nordestino, retratou muito bem, […]

A receita de bolo para o Brasil

Não há receita de bolo, pronta e acabada, para que o nosso país possa crescer e ao mesmo tempo ser justo. São tantas as nossas carências, são tantas as nossas crises. Crises grandes, crises pequenas, crises palacianas, crises nas ruas. São tantas. Não poderemos atacar todas ao mesmo tempo. Só uma. Que seja irradiadora dos […]